Você está aqui: Página Inicial Extensão Hospital São Paulo Enfermaria de Pediatria

Enfermaria de Pediatria

Rua Napoleão de Barros, 715 - 9o andar
Vila Clementino - São Paulo - SP
CEP- 04024-002
Fones: (55-11) - 5576-4116

Pediatria Clínica e Semi-Intensiva
Dispõe de 32 leitos para atendimento de crianças e adolescentes, sendo 4 leitos para Oncologia, 4 para Nefrologia, 6 para Pneumologia, 6 para Gastro-hepatologia, 4 leitos para Especialidades Pediátricas, 5 leitos para Semi-Intensiva (crianças que requerem atendimento especial) e 3 leitos dia (crianças que necessitam de atendimentos de curto período de internação). A média mensal de internação é de aproximadamente 70 crianças, das quais, 75 % são advindas do pronto-socorro, 20% dos diversos ambulatórios de pediatria e 5% de outras unidades pediátricas. As crianças e adolescentes hospitalizados recebem assistência permanente da equipe multiprofissional, que compreende as equipes: de enfermagem, médica, nutrição, serviço social, fisioterapia, psicologia e ainda uma recreacionista. O objetivo do atendimento é oferecer à criança e ao adolescente, um ambiente favorável para a sua recuperação junto a sua família e ainda orientar os familiares, quanto à saúde de seu filho.
O Departamento de Pediatria instituiu, em 1999, uma estrutura de atuação denominada "Projeto de Qualidade Total" com a finalidade de analisar, propor e planejar ações no sentido de aprimorar a qualidade da atenção hospitalar pediátrica no Hospital São Paulo (HSP), partindo dos seguintes pressupostos fundamentais:
Respeito e defesa dos preceitos constitucionais brasileiros relacionados à Saúde e aos Direitos da Criança.
Respeito e defesa do Estatuto da Criança e do Adolescente.
Defesa de um modelo de assistência à saúde com qualidade, de forma igualitária e pública (ainda que não estatal).
Buscando sempre atingir a missão da UNIFESP de desenvolver, em nível de excelência, as atividades interrelacionadas de ensino, pesquisa e extensão, almejando a liderança nacional e internacional na área da saúde.
Comissões:
Assistência Hospitalar, Equipe Multiprofissional de Pais Participantes
A comissão de assistência hospitalar se constitui de professores, médicos, enfermeiros, psicólogos, assistente social e residentes das Enfermarias e Ambulatório de Pediatria e tem por objetivo discutir os problemas das Enfermarias, no aspecto multidisciplinar, e encaminhar soluções para o melhor funcionamento das mesmas, buscando melhor qualidade no atendimento aos pacientes e familiares, buscando integração também com o atendimento ambulatorial e melhoria na qualidade de ensino.
A equipe multidisciplinar coordena o Programa de Pais-Participantes o qual visa estimular a participação dos acompanhantes no tratamento das crianças hospitalizadas. O Programa Pais -participantes mantém uma Casa de Apoio que oferece hospedagem aos pais e/ou acompanhantes dos pacientes moradores fora da cidade de São Paulo. São realizadas ainda reuniões em grupos para orientação dos pais acompanhantes.
Este grupo também é responsável pela brinquedoteca que oferece às crianças e aos seus pais um espaço para o lazer visando a potencialização da criatividade, grande aliada na luta contra a doença.
Projeto de estimulação da criança hospitalizada
O projeto de estimulação da criança hospitalizada é um projeto experimental de assistência e pesquisa, através do qual pretende-se desenvolver trabalhos inéditos, tanto no campo da criança hospitalizada e de seus pais, quanto no campo de orientação à equipe de saúde sobre o processo de desenvolvimento bio-psicossocial da criança.
Brinquedoteca
A Brinquedoteca é parte de um projeto elaborado em 1994 pela equipe multiprofissional dos Departamentos de Pediatria e Enfermagem da UNIFESP/EPM e pela Divisão de Enfermagem das Clínicas Pediátricas - HSP, que visa melhorar a assistência à criança hospitalizada.
Partindo dos pressupostos de que a criança hospitalizada, na maioria das vezes, se vê impedida de brincar, pelas limitações impostas pela própria doença ou pela falta de um espaço físico adequado no Hospital e que brincar faz parte do processo de construção do conhecimento é que se pensou em montar uma Brinquedoteca.
Em 1995, com um espaço definido para a Brinquedoteca, com um acervo de brinquedos doados pela Fundação ABRINQ foi contratada uma recreacionista para coordenar os trabalhos na Brinquedoteca.
Objetivos em relação à criança:
1. garantir o direito à criança de brincar;
2. criar um ambiente genuinamente saudável na enfermaria, onde sejam levadas em conta as necessidades afetivas, sociais e psicopedagógicas da criança;
3. minimizar os efeitos prejudiciais da hospitalização no desenvolvimento da criança;
4. ajudar a criança a resgatar a autoconfiança nas suas capacidades.
Objetivos em relação à equipe de saúde:
1. resgatar o lúdico no universo hospitalar e ressaltar seu valor para a recuperação da criança e seu desenvolvimento como um todo;
2. propiciar cursos, palestras e informação à equipe que cuida da criança sobre os efeitos das atividades lúdicas no desenvolvimento da criança.
Casa de Apoio dos Pais Participantes
Criada em 1998 a Casa de Apoio aos pais participantes busca atender os pais das crianças internadas, visando a participação da família na recuperação dos pacientes. Além do espaço físico destinado aos familiares, durante a internação, são oferecidos cursos aos acompanhantes.

Ações do documento